Ganesha – o removedor de obstáculos

image

A história do Deus Ganesha

No hinduísmo, Ganesha é uma das mais conhecidas e veneradas representações de Deus.

Ele é o primeiro filho de Shiva e Parvati e é considerado o mestre do intelecto e da sabedoria. É representado como uma divindade amarela ou vermelha, com uma grande barriga, quatro braços e a cabeça de elefante, com uma única presa, montado em um rato.

História de seu nascimento;

A mais conhecida história é provavelmente aquela encontrada no Shiva Purana. Uma vez, quando sua mãe Parvati queria tomar banho, não havia guardas na área para protegê-la de alguém que poderia entrar na sala. Então ela criou um ídolo na forma de um garoto, esse ídolo foi feito da pasta que Parvati havia preparado para lavar seu corpo. A deusa infundiu vida no boneco, então Ganesha nasceu. Parvati ordenou a Ganesha que não permitisse que ninguém entrasse na casa e Ganesha obedientemente seguiu as ordens de sua mãe.
Dali a pouco Shiva retornou da floresta e tentou entrar na casa, Ganesha parou o Deus.
Shiva se enfureceu com aquele garotinho estranho que tentava desafiá-lo. Ele disse a Ganesha que  era o esposo de Parvati e poderia entrar.

Mas Ganesha não obedecia a ninguém que não fosse sua querida mãe.

Shiva perdeu a paciência e teve uma feroz batalha com Ganesha. No fim,  decepou a cabeça de Ganesha com seu Trishula (tridente). Quando Parvati saiu e viu o corpo sem vida de seu filho, ela ficou triste e com muita raiva. Ela ordenou que Shiva devolvesse a vida de Ganesha imediatamente. Mas, infortunadamente, o Trishula de Shiva foi tão poderoso que jogou a cabeça de Ganesha muito longe.

Todas as tentativas de encontrar a cabeça foram em vão. Como último recurso, Shiva foi pedir ajuda para Brahma que sugeriu que ele substituísse a cabeça de Ganesha pela do primeiro ser vivo que aparecesse em seu caminho com sua cabeça na direção Norte. Shiva então mandou seu exército celestial (Gana) para encontrar e tomar a cabeça de qualquer criatura que encontrarem dormindo com a cabeça na direção norte. Eles encontraram um elefante moribundo que dormia desta maneirae, após sua morte, tomaram sua cabeça e a colocaram no corpo de Ganesha trazendo-o de volta à vida. Dali em diante ele passou a ser chamado de Ganapathi, ou o chefe do exército celestial, que devia ser adorado antes de iniciar qualquer atividade.

image

O que Ganesha representa;

Seu corpo é humano, enquanto  a cabeça é de um elefante; ao mesmo tempo, seu transporte (vahana) é um rato. Desta forma, Ganesha representa uma solução lógica para os problemas. É adorado junto a Lakshmi (a deusa da abundância) pelos mercadores e homens de negócio (A razão sendo a solução lógica para os problemas e a prosperidade).

Ganesha é conhecido também como o destruidor da vaidade, egoísmo e orgulho.

Ele representa o perfeito equilíbrio entre força e bondade, poder e beleza. Também simboliza as capacidades discriminativas que proveem a habilidade de perceber a distinção entre verdade e ilusão, o real e o irreal.

Mantra para o Deus Ganesha

Om Gam Ganapataye Namah ॐ गम गणपतये नमः
(literalmente: “eu Te saúdo, Senhor das tropas”): Citação encontrada no Ganapati Upanishad.

Nos Vedas pode ser encontrada uma das mais importantes e comuns orações a Ganesha, na parte que constitui o início do Ganapati Prarthana:

Om ganaman tva ganapatigm havamahe kavim kavinamupamashravastanam
jyestharajam brahmanam brahmanaspata a nah shrunvannutibhih sida sadanam

O Deus da boa fortuna

Em termos gerais, Ganesha é uma divindade muito amada e frequentemente invocada, já que é o Deus da Boa Fortuna – quem proporciona prosperidade e fortuna – e também o Destruidor de Obstáculos, de ordem material ou espiritual.

É por este motivo que sua graça é invocada antes de iniciar qualquer tarefa (por exemplo: viajar, prestar uma prova, realizar um assunto de negócios, uma entrevista de trabalho,  uma cerimônia) com Mantras como:
Om Shri Ganeshaya Namah ॐ श्री गणेशाय नमः (Saudações ao removedor de obstáculos). 
É também por esse motivo que, tradicionalmente, todas as sessões de kirtans (cântico devocional) iniciam com uma invocação de Ganesha, o Senhor dos “bons inícios”.

Por toda a Índia de cultura hindu, o Senhor Ganesha é o primeiro ídolo colocado em qualquer nova casa ou templo.

image

Cada elemento do corpo de Ganesha tem seu próprio valor e significado:

ॐ     A cabeça de elefante indica fidelidade, inteligência e poder discriminatório;

ॐ    O fato de possuir apenas uma única presa (a outra estando quebrada) indica a habilidade de Ganesha de superar todas as formas de dualismo;
ॐ    As orelhas abertas denotam sabedoria, habilidade de escutar pessoas que procuram ajuda e para refletir verdades espirituais. Elas simbolizam a importância de escutar para poder assimilar idéias. Orelhas são usadas para ganhar conhecimento. As grandes orelhas indicam que quando Deus é conhecido, todo conhecimento também é;

ॐ    A tromba curvada indica as potencialidades intelectuais que se manifestam na faculdade de discriminação entre o real e o irreal;

ॐ•    Na testa, o Trishula (arma de Shiva, similar a um Tridente) é desenhado, simbolizando o tempo (passado, presente e futuro) e a superioridade de Ganesha sobre ele;

ॐ    A barriga de Ganesha contém infinitos universos. Simboliza a benevolência da natureza e equanimidade, a habilidade de Ganesha de sugar os sofrimentos do Universo e proteger o mundo;
ॐ    A posição de suas pernas (uma descansando no chão e a outra em pé) indica a importância da vivência e participação no mundo material assim como no mundo espiritual, a habilidade de viver no mundo sem ser do mundo;
ॐ    Os quatro braços de Ganesha representam os quatro atributos do corpo sutil, que são: mente (Manas), intelecto (Buddhi), ego (Ahamkara), e consciência condicionada (Chitta).

ॐ    O Senhor Ganesha representa a pura consciência – o Atman – que permite que estes quatro atributos funcionem em nós;

ॐ    A mão segurando uma machadinha é um símbolo da restrição de todos os desejos, que trazem dor e sofrimento. Com essa machadinha Ganesha pode repelir e destruir os obstáculos. A machadinha é também para levar o homem para o caminho da verdade e da retidão;

ॐ    O chicote nos fala que os apegos mundanos e desejos devem ser deixados de lado;

ॐ    A terceira mão, que está em direção ao devoto, está em uma pose de bênçãos, refúgio e proteção (abhaya);

ॐ    A quarta mão segura uma flor de lótus (padma), e  simboliza o mais alto objetivo da evolução humana, a realização do seu verdadeiro eu;

 

O Senhor cuja forma é Om

Ganesha é também definido como Omkara que significa “tendo a forma de Om”. De fato, a forma do seu corpo é uma cópia do traçado da letra Devanagari que indica este grande Bija Mantra. Por causa disso, Ganesha, que está na base de todo o mundo fenomenal, é considerado a encarnação corporal do Cosmos inteiro. Na língua tâmil, a sílaba sagrada é indicada precisamente por uma letra que relembra o formato da cabeça de Ganesha.

Ganesha e o rato;

De acordo com uma interpretação, o divino veículo de Ganesha, o rato ou mushika representa sabedoria, talento e inteligência. Ele simboliza investigação diminuta de um assunto difícil. Um rato vive uma vida clandestina nos esgotos, portanto, é também um símbolo da ignorância que é dominante nas trevas e que teme a luz do conhecimento. O rato representa o ego, a mente com todos os seus desejos, e o orgulho da individualidade. Ganesha, guiando sobre o rato, se torna o mestre (e não o escravo) dessas tendências, indicando o poder que o intelecto e as faculdades discriminatórias têm sobre a mente.

GRATIDÃO! Namastê🙏❤

Mais informações nos sites: http://www.musicaindianabrasil.com/2011/01/mitologia-hindu-historia-do-deus.html

No: https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Ganexa

3 comentários Adicione o seu

  1. Robertho Camillo disse:

    Apenas como comentário. Nos livros que falam de arquétipos, o elefante é negativo.

    Curtir

    1. Lar de Luz disse:

      Verdade Robertho, no entanto os arquétipos tem os dois lados, o bom e o não tão bom, e tem outros fatores também, nem todos os arquétipos são só negativos ou positivos e dependendo da região onde nos encontramos eles são sagrados como na Índia, onda a Vaca e o elefante são sagrados, e Ganesha é metade homem e cabeça de elefante, e como diz nas histórias hindus e ao no texto, cada parte de seu corpo tem um significado. Gratidão pela colocação querido, Namaste

      Curtir

    2. Lar de Luz disse:

      Verdade Robertho, no entanto os arquétipos tem os dois lados, o bom e o não tão bom, e tem outros fatores também, nem todos os arquétipos são só negativos ou positivos e dependendo da região onde nos encontramos eles são sagrados, como na Índia, onda a Vaca e o elefante são sagrados, e Ganesha é metade homem e cabeça de elefante, e como diz nas histórias hindus e no texto, cada parte de seu corpo tem um significado. Gratidão pela colocação, Namaste

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s